MAIS DE CEM GRÁVIDAS EM ONDJIVA COM DIAGNÓSTICO POSITIVO DE VIH/SIDA


Treze mil e 462 mulheres grávidas foram testadas contra o VIH/Sida, entre Janeiro a Maio do ano em curso, em Ondjiva, província do Cunene, pela organização de Ajuda de Povo para Povo (ADPP), das quais 168 com casos positivos.
Mais de cem grávidas em Ondjiva com diagnóstico positivo de VIH/SIDA
A informação foi prestada ontem, quarta-feira, à Angop, pelo coordenador do Programa de Prevenção do VIH/Sida da ADPP no Cunene, Paulo Tchiamba, referindo que as gestantes com diagnóstico positivo foram encaminhadas aos serviços de saúde para receberem anti-retrovirais.
“Antes da realização dos testes as mulheres são prestadas apoio moral de que o sida é apenas uma doença e quando alguém tem não significa o fim da vida, mas uma fase que é possível viver muitos anos de vida caso cumpram com a medicação passada pelo médico”, explicou.
O responsável disse ainda que foram realizadas 6.181 palestras sobre a importância do teste do VIH/Sida, para saberem do estado serológico e serem acompanhadas e submetidas ao corte de prevenção vertical para não contaminar o bebé durante o parto.
Paulo Tchiamba sublinhou que o Programa de Prevenção da doença tem 21 activistas distribuídos em sete unidades sanitárias dos bairros Caculuvale, Onauhumba, Cachila, Naipalala 1 e 2, assim como no Hospital Geral de Ondjiva.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.