Maioria dos diplomas na RDC são falsos

Um total de 80 por cento dos detentores dos diplomas do ensino médio não o merecem, escreveu na sua conta Twitter, o ministro congolês do Ensino Superior e Universitário, Steve Mbikayi.
Na República Democrática do Congo (RDC), os exames de Estado ditam o fim do ciclo do ensino secundário. E, no termo dos exames, atribui-se um diploma aos que têm acesso à universidade.
Entretanto, o ministro do Ensino Superior e Universitário deplora a fraude que caracteriza tais exames e defende a sua anulação. “Há cinco anos que defendo a supressão dos exames do Estado, porque a fraude esvaziou o diploma de toda a sua substância.Steve Mbikayi pensa que com a eliminação do diploma do Estado, cada encarregado vai escolher a melhor escola para o seu filho.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.