Balenciaga: as sapatilhas feias que estão a bater

É feio, por isso gostamos.” A resposta com que Demna Gvasalia (diretor criativo da Balenciaga e também da Vetements) tentou, há alguns anos, explicar a um jornalista as razões para o sucesso das suas criações tinha uma mensagem.
Nos seus projetos, as fronteiras entre o belo e o feio quase não existem, e tendo em conta que há anos algo poderia ser rotulado como feio e banal, agora pode ser definido como belo.
Realmente a beleza varia de acordo com a sociedade e os tempos, portanto agora o que está a dar é o feio.
E é precisamente de mais uma criação de Gvasalia que vamos falar agora. As Triple S, sapatilhas ao estilo dos anos 90 (como aliás quase tudo o que agora está na ‘berra’), já foram rotuladas de feias, mas curiosamente foram acarinhadas pelas ‘it girls’.
O calçado é da Balenciaga, coleção outono/inverno 2017, por isso é natural que já as tenha visto há meses nos pés de celebridades.
Chiara Ferragni e Charlotte Groeneveld, por exemplo, têm calçado sempre o modelo branco e não foi propriamente para praticar desporto. O mais irónico é que, além delas, Bella Hadid – que tem o dom de pegar nos acessórios mais estranhos e torná-los ‘fashion’ – até fica bem com eles.
No caso da modelo, saiu uma vez à rua com os ténis, um casaco enorme com uma correia de borracha a fazer de cinto, um top transparente, uma saia, collants pretos e ainda meias brancas curtas. Se fosse uma mulher comum com aquele look, era só desastroso. Como foi Bella, é moda.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.