Palancas Negras jogam hoje na Zâmbia

Os Palancas Negras e os Bafana Bafana da África do Sul jogam hoje, às 15h00, no estádio Levy Mwanawasa, na cidade de Ndola, Zâmbia, para a conclusão da ronda inaugural do torneio de futebol das Quatro Nações, inserida na primeira Data FIFA deste ano.
Jogadores estão motivados e ambicionam chegar a final agendada para domingo em Ndola 
Fotografia: Miqueias Machangongo | Edições Novembro
Depois da participação na fase final da quinta edição do Campeonato Africano das Nações (CHAN), disputado de 13 de Janeiro a 4 de Fevereiro, em Marrocos, a Selecção Nacional de Honras de futebol está na Zâmbia com intenção de vencer a competição.
Desta vez trata-se de uma prova, que conta para o ranking FIFA, num período de renovação dos Palancas Negras marcado pelo regresso de alguns atletas bem como pela contratação do novo seleccionador, o sérvio Srdjan Vasiljevic.
O técnico quer aproveitar ao máximo os dois encontros do torneio, cujo objectivo é observar e potenciar o colectivo tendo em vista a segunda jornada do Grupo I da campanha de apuramento para a fase final da Taça de África das Nações (CAN'2019), nos Camarões. 
Assim como os Bafana Bafana, os Palancas Negras estão em Ndola bastante moralizados e determinados a darem o melhor de si, a testar está a integração de atletas que evoluem em equipas do continente europeu, com realce para Djalma Campos e Ary Papel.  
No histórico, os Palancas Negras conseguiram apenas uma vitória por 2-0, a 18 de Outubro de 2015, em Joanesburgo, em desafio referente à primeira-mão da última eliminatória de apuramento para a fase final do CHAN'2016, no Ruanda.
Seguiram-se dois empates no CAN' 1998, no Burkina Faso (0-0) e na segunda jornada da Taça de África das Nações disputado em 2008, no Ghana (1-1).
Em 2009, em Joanesburgo, os Bafana Bafana voltaram a triunfar, por 2-0, num desafio amistoso, idêntico resultado obtido em jogo da terceira jornada da fase de grupos do CAN'2013, na África do Sul.
No dia 6 de Junho de 2015, os angolanos voltaram a perder, por 1-2, encontro inserido na Data FIFA, e disputado na África do Sul. A 24 de Dezembro do mesmo ano, novo desaire por 1-2.
Os Palancas Negras voltaram a jogar  no dia 13 de Novembro de 2015, no Estádio Nacional de Ombaka, na província de Benguela, com triunfo, por 3-1, dos sul-africanos, em desafio referente à primeira-mão das eliminatórias de apuramento para a fase de grupos ao Campeonato do Mundo, na Rússia. No desafio de resposta, a Selecção Nacional perdeu por uma bola a zero no reduto do adversário.
As selecções nacionais jogaram pela última vez a 28 de Março do ano passado, com registo de uma igualdade sem golos no estádio Bufalo City, em Bloefonteim, África do Sul. 
Palancas Negras e Bafana Bafana defrontaram-se pela primeira vez, em 1996, com vitória por 1-0, dos sul-africanos, no estádio Soccer City, em Joanesburgo, na fase final do CAN.  
Este é o primeiro jogo amistoso dos Palancas Negras, depois da saída do técnico Roberto Bianchi.

Avançado do Paok Salonika
O avançado Djalma Campos, do Paok Salonika da Grécia, mostrou-se satisfeito com o seu regresso à Selecção Nacional e garantiu que o grupo quer vencer o torneio.  
“É importante aproveitar a Data FIFA, para montar uma excelente equipa e dar coesão ao grupo. Queremos ganhar. Vamos para a competição com este objectivo”, disse segunda-feira à noite antes do embarque da equipa.
Djalma estreou-se nos Palancas Negras a 19 de Novembro de 2008, diante da Venezuela. A partida, terminada com uma igualdade sem golos teve lugar na cidade de Barinas. O filho da antiga glória do futebol angolano, Abel Campos, tornou-se depois disso titular indiscutível na selecção. O ponto máximo nos Palancas foi a presença na Taça de África das Nações (CAN'2010), em Luanda. O primeiro golo com a camisola nacional foi apontado a 10 de Outubro de 2009, num particular frente a Malta, derrota (2-1). Djalma foi substituído antes do final.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.