Tocoistas comemoram centenário do profeta Simão Toco em Fevereiro




As comemorações do centenário do profeta Simão Toco, assinalar-se em Fevereiro do presente ano, e a construção do seu mausoléu em Taia, Maquela do Zombo, Província do Uige, constituem as prioridades para 2018 da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo (Tocoista) .

A  informação foi prestada hoje, sábado, pelo líder espiritual da congregação  religiosa, bispo Afonso Nunes, quando apresentava as perspectivas para o corrente ano.
De acordo com o religioso, na celebração do centenário deve-se redobrar o esforço para a concentração de fiéis que vão enalteçer e exaltarar o fundador do Tocoismo.
“Vamos intensificar as acções tendentes a melhoria das condições de acomodações para a realização exitosa da grande festa espiritual que congrega milhares de fiéis “, sustentou.
Exortou, por outro lado, todos a trabalharem e marcarem os primeiros passos consistentes para erguerem campos ou fazendas agricolas independentemente das dificuldades financeiras que a igreja enfrenta.
O prelado defendeu também a necessidade de uma libertação espiritual dos guias políticos africanos para que pensem nos seus povos e não olhem noutros continentes, onde levam o pouco que deviam ajudar a população africana.
Reiterou o apoio da Igreja Tocoista ao Executivo angolano saído das  eleições de 23 de  Agosto de 2017, e apelou a um bom relacionamento entre o estado e a Igreja.
“A igreja vai continuar a  trabalhar com o Estado Angolano e o actual presidente da República, João Lourenço, e reforçar e estreitar as relações com o Estado Angolano”, sustentou.
 Para o bispo Afonso Nunes, a gestão moderna da igreja exige muita paciência, destreza, esmero, mas sobretudo a entrega total de quem é conferido a tarefa de governá-la em  todos os níveis.
Lamentou  a existência de uma  elevada taxa de analfabetismo no seio da igreja, e orientou a área responsável para trabalhar para erradicar este mal ou pelo menos reduzi-lo a níveis insignificantes.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.