PERSEGUIDOR DE TAYLOR SWIFT AMEAÇOU MATAR FAMÍLIA DA CANTORA

Taylor Swift e Frank Andrew Hoover (Foto: Getty Images/Reprodução)

Polícia dos Estados Unidos descobriu que Frank Andrew Hoover, de 40 anos, enviou e-mails ao pai da cantora


Em 2016, um homem foi preso, nos Estados Unidos, por perseguir Taylor Swift, 28, e agora, dois anos depois, Frank Andrew Hoover, 40, enfrenta novas acusações que envolvem a cantora.
Segundo o TMZ, a polícia norte-americana descobriu que Hoover enviou e-mails ao pai de Taylor, Scott, entre maio de 2015 e outubro de 2016, ameaçando matar a cantora e todos seus familiares. "Isso não é uma piada e é por isso que Deus vai queimá-los no deserto por mim", escreveu ele, de acordo com documentos obtidos pelo site.
Antes da prisão, em 2016, a justiça norte-americana já havia emitido uma ordem de restrição e Hoover deveria ficar, pelo menos, 150 metros longe de Taylor. Hoover teria seguido a cantora, após uma apresentação, até um aeroporto no Texas. De acordo com o PageSix, ele afirmou que iria entrar no avião junto com a loira e violou a ordem de restrição.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.