Pai engravida filha e obriga esconder a paternidade

Pai engravida filha e obriga esconder a paternidade
Há um ano que uma jovem de 21 anos, escondia o filho que gerou fruto da relação de quatro anos, com o pai, com quem vive em Luanda.
Distrito Urbano do Ngola Kiluanje
Mais um caso de incesto veio à tona e deixa triste a sociedade angolana. No  Distrito Urbano do Ngola Kiluanje, em Luanda, um cidadão engravidou a filha, e obrigou a mesma esconder durante um ano a paternidade do filho que também é seu neto.
Segundo a filha, começo a se envolver com o pai aos 17 anos, e engravidou aos 20, mas o mesmo obrigou a falar a família que não conhecia quem a engravidou. Mesmo depois de dar a luz, conta a jovem, continuou a se envolver com o pai.
Em defesa, o pai alegou a filha é culpada pelo sucedido porque sempre o seduzia e ficava nervosa quando fosse a casa com uma amiga.  
Chateada e triste, a mãe da jovem acredita tratar-se de obra do “demónio.”
Há dois dias a Angola-Online noticiou o caso do cidadão de 40 anos, que abusava as cinco filhas, e acabou por engravidar uma de 15 anos. 

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.