Jacira Araújo, artista angolana que aposta na Kizomba e no Zouk residente nos Estados Unidos

   

Jacira Araújo é uma jovem angolana residente em Nova Iorque apaixonada por música e que se identifica muito com os estilos Kizomba e Zouk.
Além de cantora, Jacira é compositora e também trabalha como actriz desde a sua infância. Aos 14 anos de idade integrou no grupo coral da escola, com o qual teve o privilégio de actuar na sala de espectáculos Camegie Hall, em Nova Iorque. Em 2008 e 2010, fez as primeiras apresentações com a banda musical Jazz, da escola, tendo acompanhado essa banda em várias tournées pela Europa, e aos 18 anos começou a focar-se nas suas próprias composições musicais.
No ano de 2013, Jacira entra no mercado da música em Angola e lança o seu primeiro single com titulo “Menina”, acompanhado do seu videoclipe, que atingiu o primeiro lugar no Top do programa Made In Angola, da TV Zimbo, por um período de oito semanas.
Em seguida, a cantora entra na Off-Broadway, em Nova Iorque, pela primeira vez com o papel Addie no musical intitulado “Cherzcherz la Femme”. De volta a Luanda em 2017, Jacira lança o seu novo single com o titulo “Cheguei”, música que a permitiu começar a trabalhar no seu EP com a Klasszik, e logo a seguir lançou o videoclipe da música “Perigo”, que é uma inspiração de liberdade de uma própria identidade e que faz as suas próprias decisões. Essa música transmite a força e demonstra uma ilusão dos sentidos produzidos pela magia de uma mulher.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.