Chineses traficantes de tartaruga são detidos em Luanda

   Chineses traficantes de tartaruga são detidos em Luanda
Cidadãos de nacionalidade chinesa que exerciam o tráfico e comercialização de tartarugas marinhas, foram detidos ontem, pela Polícia Nacional, em Luanda.
A informação foi revelada pelo Ministério do Ambiente, sabe a Angola-Online. 
Os cidadãos chineses capturavam ilegalmente as tartarugas na costa marítima angolana, e vendiam em mercados paralelos nacionais  e internacionais.   
Durante a operação de resgate dos animais, em Luanda, foram recuperadas duas tartarugas de grandes dimensões que estavam ser comercializadas cada, 200 mil kwanzas (890 euros).
A tartaruga de couro, considerada a mais rara do mundo, que chega a pesar 900 quilogramas, está em risco de desaparecer de Angola, devido ameaça com um reduzido número de desovas.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.