China espiou sistema informático da União Africana

  China espiou sistema informático da União Africana
Uma investigação do jornal francês Le Monde, revela que a China, andou espiar entre 2012 e 2017, o sistema informático da sede da União Africana.
A a partir de Pequim, os chineses tinham ilegalmente acesso directo de todos segredos da União Africana. 
O escândalo de espionagem chinesa na sede da União Africana, em Adis Abeba, capital da Etiópia, foi levantada durante a 30º Cimeira de Chefes de Estado e de Governo que decorreu entre domingo e segunda-feira. 
Em  resposta, o embaixador da China Kuang Weilin, na União Africana (UA), classificou de absurda a conclusão da investigação do jornal francês Le Monde, nas seguintes palavras: “Eu acho esta uma história sensacional, mas também completamente falsa e sem sentido”.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.