Advogado processa hotel por ter entregado sua Ferrari a pessoa errada

Levi Miles fingiu ser o dono do carro esportivo para impressionar sua namorada

Um homem foi preso nos Estados Unidos após fingir ser dono de uma Ferrari para impressionar a namorada

Um advogado norte-americano está processando um hotel localizado na Flórida por ter entregado sua Ferrari avaliada em R$ 943 mil para um homem que fingiu ser o dono do carro para impressionar sua namorada. James Fowler entregou seu carro para o serviço de valet do hotel e partiu para uma convenção de advogados que estava acontecendo no local.

Horas depois, Levi Miles apareceu na porta do hotel com sua namorada e exigiu que o hotel entregasse a Ferrari para ele, alegando ter esquecido o tíquete dentro do veículo. Para evitar constrangimentos, o valet trouxe o carro até e Miles ficou enrolando tanto para ‘encontrar ‘ o tíquete que esqueceram dele.
Ele saiu dirigindo a Ferrari sem ninguém perceber, mas logo foi parado pela polícia por estar com dificuldades para dirigir o possante. Ao serem abordados, o policial descobriu um pacote de duas gramas de cocaína no painel do carro, além de maconha na bolsa da namorada de Levi. “Eu só queria impressioná-la”, teria dito o homem ao ser preso, segundo o jornal The Tampa Bay Times.
O advogado está processando o hotel e o serviço de valet por negligência alegando que o valor da sua Ferrari caiu por conta dos inúmeros procedimentos burocráticos que ele teve de realizar para recuperar e consertar o carro.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.