Álbum "Mister Pulungunza" de Yuri da Cunha previsto para 2018

Yuri da Cunha, autor de um vasto repertório artístico com temas trabalhados a base do Semba puramente angolano, falou dos seus momentos altos e baixos durante o ano de 2017, bem como de alguns projectos agendados para 2018, numa entrevista cedida ao Platinaline.
 “Este ano foi positivo para mim, embora tenha passado por um momento trágico na minha vida pessoal, que foi a perda da mãe das minhas filhas, agora meu anjo, minha estrela! Eu sei que onde está, ela manda todas as energias e coisas positivas, porque sinto a presença dela em qualquer momento. Para além de ser a mãe das minhas filhas, ela era minha melhor amiga, independentemente de qualquer coisa, e isso é que me dá alegria e  faz o meu coração feliz”.
Quanto à carreira artística, o Show Man destacou que realizou diversos espectáculos dentro e fora do país. “Só para terem uma ideia, nessa semana já foram realizados 22 concertos, o que quer dizer que fazíamos 4 a 5 concertos por dia e fico bastante feliz em saber que as pessoas estão comigo, dão-me carinho, abraços e principalmente gostam de ouvir as minhas músicas, por isso vou continuar a fazer o que faço, pelo facto de saber que sou apenas nada, mas em algum momento posso ser tudo, porque as pessoas querem que eu seja o tudo naquele momento. 2018 vai ser o ano do nosso amor pela música angolana. Já tenho o meu próximo CD pronto, intitulado “Mister Pulungunza”.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.