Taís Araújo fala sobre trabalhar com o marido: "Eu gosto de mandar, e ele também"

       Taís Araújo fala sobre trabalhar com o marido: 
                "Eu gosto de mandar, e ele também"
Taís Araújo é uma das capas da #glamourdeabril (Foto: Fabio Bartelt)
        a atriz faz um balanço geral e fala também sobre o que teria feito diferente

Taís Araújo, 37 anos, é o que podemos chamar de um case de produtividade x sucesso x espaço de tempo. Em 20 anos de carreira na TV, já atuou em 11 novelas – seis como protagonista. Mas o que aconteceu em 2015, ulalá, extrapola qualquer definição: Taís fez teatro, cinema, TV e ainda teve uma filha! Detalhe: sucesso retumbante nas quatro áreas. Ninguém melhor pra estrelar nossa capa de aniversário, né? Detalhe: outras três mulheres incríveis dividem essa missão - acompanhe o nosso site pra conhecê-las!

A seguir, um aperitivo da entrevista com Taís:
Você já tinha trabalhado tanto assim? 
Nunca! Não tenho um dia de folga. Mas sabe quando tu-do acontece ao mesmo tempo? A peça que planejei tanto, "O Topo da Montanha", vive de casa cheia; a série "Mister Brau" é  superpopular; o filme "O Roubo da Taça", ainda sem data pra estrear, ficou incrível... Posso dizer que em 2015 eu mal dormi. Também, claro, porque tive minha bebê, a Maria Antônia, que está com 1 ano [ela ainda é mãe de João Vicente, de 4 anos, os dois com o ator Lázaro Ramos]. Foi uma conjunção astral do bem, mas também fruto de muito suor. Tanto que nas férias de fim de ano fiquei doente, fui internada com uma crise de sinusite que virou asma.
Trabalhar com o marido deve ser um desafio. O que mais ama e o que mais te irrita?
Temos lidado muito bem com isso! É tanto trabalho que não tem tempo de picuinha. E na série tem uma coisa ótima: exercito o meu desejo de mandar nele. Porque eu gosto de mandar, e ele também. Agora, chegando em casa, não estou nem aí. Ele fala as maiores loucuras, e só respondo “tudo bem”.
Tem algo que faria diferente no ano que passou?
Queria ter ficado mais com meus filhos. Agora o tempo livre é todo deles. O corpo não está tão incrível, mas não consigo ir à academia e não estou nem aí.No episódio do racismo [assim como outras atrizes e apresentadoras, Taís foi vítima de ataques preconceituosos em suas redes sociais], tem alguma mensagem definitiva que queira deixar aqui?
Tem. Quando tudo aconteceu, tinha muita gente querendo falar sobre isso. Acho desleal, num ano tão próspero pra mim, ficar em cima desse assunto. Se alguém quer trabalhar a favor da causa, não tem coisa melhor do que dizer: “Essa atriz é negra, e olha a quantidade de coisas legais que está fazendo!”. A peça lota, a série é um sucesso, e essa temática é levantada
nos dois casos.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.