Débora dos Santos, esposa do Sebem, desmente rumores sobre suposto abandono do cantor






Após veiculação de informações sobre o “suposto” abandono do lar por parte da esposa do cantor Sebem, Débora dos Santos,  contactamos os familiares mais próximos da Débora, que, por sua vez, explicaram-nos uma versão diferente da noticiada por alguns órgãos de informação.
“Há 4 anos nesta situação, por quê razão Débora abandonaria o Sebem logo agora que tem mostrado melhorias! “ Exclamou a nossa a nossa fonte.
É verdade que Débora já não vive há alguns meses  com o kudurista Sebem, mas, segundo fontes fidedignas, tudo começou quando ela e a filha se encontravam doentes, em Julho do ano passado, e viram-se na necessidade de entregar aos cuidados de alguém o musico. desta forma  Débora pediu à mãe do Sebem para que tomasse conta do esposo enquanto ela fosse viajar, também por motivos de saúde, porém da filha.
Dois meses depois do seu regresso, Débora dirigiu-se à casa da Dona Beatriz, mãe do Sebem, onde se encontrava o seu esposo sob cuidados da mãe, pedindo para que levasse o cantor de volta para casa e voltasse a estar sob os seus cuidados como anteriormente, mas a sua sogra teria negado, dizendo: “Deixa eu cuidar dele. Você já o cuidou muito. Agora é a minha vez”.
Tomamos ainda conhecimento que Débora está indignada com a situação que o esposo tem vivido desde o domingo último, após vários órgãos terem noticiado sobre o seu suposto abandono do lar, quando ela e a filha estiveram com o cantor no passado dia 19 deste mês, celebrando o dia pai.
As nossas fontes alegam que alguém se predispôs a ajudar Sebem com atendimento gratuito em duas clínicas da cidade capital, nomeadamente: Multiperfil e Anjos da Guarda, afirmando que não há necessidade de tanto alarido ou preocupação em relação aos especialistas solicitados, pois, além das clínicas mencionadas, tem a Clínica da Ana Paula e o Centro Ortopédico em Viana, para fisioterapia, localizados próximos da casa da mãe onde Man Sibas reside, e ele pode fazer o tratamento nessas unidades hospitalares de forma gratuita.
Fonte: PLATINA LINE

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.